A (muito) antiga re-discussão da atuação econômica do Estado. Uma visão histórica e empírica da constelação do Direito e suas contribuições para o mundo da Economia

Bruno Albergaria

Resumo


Resumo:

O Estado, notadamente pelo Direito, pode, e deve, fazer a regulação daeconomia. Contudo, deverá fazê-lo com os sistemas inputs e outputs e não via umalegislação estanque e petrificada. Os novos paradigmas sociais, notadamente aflexibilidade e a mutabilidade dos agentes econômicos, exigem uma posturaintervencionista do Estado; contudo, de forma eficiente e dinâmica.

Palavras-chaves: Estado. Constituição. Regulação. História. Direito. Economia.Keynes. Crises. Capitalismo.1


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Associação Mineira de Direito e Economia - www.amde.org.br

ISSN 2175-5590